Almir Guineto

Acabei de receber a notícia da morte do meu querido amigo Almir Guineto. Compositor de grandeza e talento, ele sempre cantou a vida da nossa gente. Era um dos nossos maiores compositores de samba e com quem tive o privilégio de gravar em várias ocasiões. Com sua partida a nossa música fica mais triste.
“Que importa se há tantas lamas nas ruas
E o céu é deserto e sem brilho de luar?
Se o clarão da luz
Do deu olhar vem me guiar,
Conduz meus passos
Por onde quer que eu vá, se há.”
Vá em paz, grande Almir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *